Espetáculo OVO chega a Nova Santa Rosa nesta sexta-feira (31)

142

Com singular poesia, peça do grupo Agon Teatro (Londrina-PR) é apresentada na cidade pelo Prêmio Arte Paraná 2018. Entrada é gratuita.

Uma história de conflitos familiares entre pais e irmãos que encontra eco na caminhada pessoal de cada um de nós. Assim é o espetáculo “OVO”, do grupo londrinense Agon Teatro, que promete emocionar o público em Nova Santa Rosa nesta sexta-feira (31). A apresentação ocorre nesta sexta-feira (31), às 19h30, no Teatro Municipal Gustavo Fischer. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser retirados meia hora antes do início do espetáculo. A classificação indicativa é de 14 anos. O projeto é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná por meio do Prêmio Arte Paraná 2018, que prevê ainda a circulação da montagem pelas cidades de Lapa e Antonina até meados de setembro, sempre com apoio das Prefeituras locais.
Dentro de três caixas, os atores guardam as dores e os afetos silenciados de uma família. Progressivamente, os intérpretes dão vida a Édipo e Electra, personagens trágicos que, na trama, são irmãos em conflito. A história evoca a zona rural de um Brasil arcaico, onde os dois foram criados. A peça capta o instante em que Electra chega na cidade para dar a notícia da morte da mãe. “A montagem mostra os desdobramentos imaginários deste encontro tão marcante na vida de ambos. Lembranças e pressentimentos se confundem, trazendo reflexões universais sobre a sombra da morte que nos ronda, o desaparecimento das pessoas amadas no percurso da vida, a angústia da passagem do tempo, as incertezas a respeito do destino”, explica o diretor e dramaturgo Renato Forin Jr., que está em cena ao lado da atriz Danieli Pereira.
Uma curiosidade da montagem é o espaço cênico. O público é disposto bem próximo dos atores, em torno de uma arena circular, onde acontecem transformações cenográficas e revelações de pequenas surpresas. “Cenário, figurino, iluminação, sonoplastia e a própria encenação conduzem os espectadores por uma viagem entre o cinza barulhento da cidade e as cores plácidas do campo. É como se a dramaturgia se concretizasse também espacialmente”, pontua o diretor. Para este deslocamento de paisagens, o Agon Teatro utiliza quilos de palha de arroz, terra, água, sementes verdes e mecanismos sonoros dispostos no espaço.
O diretor explica que, na peça, Édipo e Electra são revestidos por referências psicanalíticas e por uma humanidade cotidiana – o que gera o efeito de proximidade com os espectadores. “O espetáculo, no fundo, é bastante simples, no sentido de buscar e focar uma essência do gesto teatral: o efêmero, o que não se repete, o encontro real entre as pessoas – experiências cada vez mais raras”.
A montagem, que estreou em 2015, realizou temporadas em Londrina, além de integrar a programação oficial do FILO (Festival Internacional de Londrina), do Londrix (Festival Literário de Londrina) e a programação do SESC. Recentemente, o Agon Teatro passou em três editais e iniciou uma turnê nacional a partir do Festival Cena Contemporânea, de Brasília. Antes de seguir pelo Brasil, porém, o grupo realiza a circulação por quatro cidades paranaenses com menos de 50 mil habitantes pelo Prêmio Arte Paraná 2018.

GRUPO
Criado em Londrina há cinco anos como um grupo de pesquisa, o Agon Teatro investiga a encenação e a dramaturgia contemporânea. Apoiado pelo Centro Cultural SESI/AML, mantém uma rotina de ensaios e treinamentos baseados em linhas de força da tradição (ensinamentos dos grandes mestres).
É a partir dessa proposta que seus fundadores, Renato Forin Jr. (doutor em letras com ênfase em dramaturgia, ator e jornalista) e Danieli Pereira (bacharel em artes cênicas pela UEL, atriz e produtora cultural), desenvolvem suas montagens, trabalhando também com artistas convidados.
Neste primeiro espetáculo, o grupo conta com a criação sonora de José Carlos Pires Junior, desenho de luz de Maria Emília Cunha, figurino de Nathalia Oncken e orientação cênica de Marcio Abreu, da Cia Brasileira de Teatro.

Release divulgado pelo Grupo Agon.

Publicação: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Santa Rosa.