Formatura do Proerd reuniu 130 estudantes na noite desta terça-feira (21)

94

A Prefeitura de Nova Santa Rosa, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, em parceria com a Polícia Militar, realizou nesta terça-feira (21) a formatura de 130 estudantes da rede municipal de ensino. Os alunos se formaram no Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência. O evento reuniu alunos dos quintos anos da Escola Municipal Getúlio Vargas, Escola Municipal Santa Terezinha, Escola Municipal Willy Barth e Escola Municipal Arnaldo Busato, no total 130 estudantes fizeram o juramento, onde prometeram ficar longe das drogas e da violência. Os alunos também receberam o certificado de participação e formação do Proerd.
A cerimônia contou com a participação da Banda Proerd, que animou os presentes tocando e cantando diversas músicas. Além da banda o evento contou com a presença do mascote do Proerd o Leão Darem. O Comandante do 2º Pelotão da 3ª Companhia do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, Tenente Pedro Augusto de Lima, o Comandante do Destacamento da Polícia Militar do município de Nova Santa Rosa, Sargento Juliano Pruinelli, o instrutor do programa no município, Evandro Spier, o Coordenador do Conselho Tutelar de Nova Santa Rosa, Luiz Carlos de Lima, a primeira dama, Ivone Rode Pinz, a secretária de Educação e Cultura, Nilza Gerling, o secretário de Finanças, Ari Schmidt, que na ocasião representou o prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Infraestrutura, Silmar Benke (Max), o Diretor do Departamento de Cultura, Fabiano Cassimiro, a Diretora da Secretaria de Assistência Social, Haritraut Busse, o vice presidente do Conselho de Administração do Sicoob Marechal, Gainor Sabka, o Gerente da Sicredi Progresso, Vanderlei Hertz, e diversos policiais militares de toda a região também estiveram presentes.

REIMPLANTAÇÃO
O Proerd era aplicado nas escolas do município de Nova Santa Rosa entre os anos de 2005 e 2012, sendo retirado no ano de 2013 e voltando a ser implantado agora em 2017, de acordo com o prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, a administração pública tinha como missão a reimplantação do Proerd nas escolas. “Tínhamos o Proerd nas duas gestões passadas e agora retornamos com esse trabalho que foi um pedido dos pais e professores, nós atendemos prontamente por ver a importância que o programa tem na formação e na educação das nossas crianças.”, destaca.

REDAÇÃO
Durante o ano letivo, os proerdianos elaboraram uma redação, tendo como tema “O Proerd”, os textos foram selecionados pelos instrutores e pela equipe pedagógica das escolas. Os alunos com as redações que mais se destacaram foram presenteados com um Leão de pelúcia, símbolo do Proerd. Foram escolhidas as redações dos alunos da escola Getúlio Vargas, Isabelle Vitória, Patrícia Beatriz de Oliveira, Douglas Volkmer, Djuliana e Juliano Schott. Da escola Santa Terezinha o aluno Rafael Beuttner, e a aluna Letícia Alíne, da escola Willy Barth, a aluna Eloisa Tainá e da escola Arnaldo Busato o aluno Mateus Braun.

PROERD
O Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência, é um programa eminentemente preventivo e estratégico, tendo como objetivo principal ensinar as crianças a dizer não às drogas e a violência. Os instrutores do Proerd são policiais militares capacitados e contam com a ativa participação dos professores e da família. Dando ênfase especial aos estudantes dos quintos anos do ensino fundamental. As lições do Proerd são projetadas com base na teoria da aprendizagem socioemocional, a qual identifica as habilidades básicas e fundamentais para o processo de desenvolvimento do indivíduo. Essas habilidades vão além da questão das drogas, elas possibilitam escolhas saudáveis e maduras em todos os aspectos da vida do estudante, promovendo os objetivos educacionais da prevenção primária e orientação para fazer escolhas seguras e responsáveis, necessárias a promoção da saúde.
O programa ensina as crianças a controlar seus impulsos, e a pensar nos riscos e nas consequências, elevando a sua autoestima, solidificando noções de cidadania e de convivência harmoniosa, além de ensinar técnicas de autocontrole e resistência as pressões dos colegas, o sucesso do programa depende de um perfeito entrosamento entre família, escola e polícia. O programa tem como mascote o leão, ele representa a garra, a força e a resistência que as crianças precisam ter para dizer não às drogas e a violência.

Com informação,
Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Santa Rosa