Médicas cubanas são recebidas no Centro de Saúde Lídia Boll

1823

A equipe do Centro de Saúde Lídia Boll, recepcionou na manhã desta terça-feira (27) as duas médicas cubanas enviadas ao município de Nova Santa Rosa por meio do Programa Mais Médicos. Liudys Gonzales e Lorelys Diaz foram recepcionadas pela primeira-dama, Ivone Rode Pinz, pelo vice-prefeito e secretário de Saúde, Noedi Max Hardt, pelo presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Wagner Neto, pela secretária de Administração e Planejamento, Leila Schah Sudbrack, pela Procuradora Geral do município, Deise Montresol Giese, pelo Chefe do Setor de Assistência Médica, Mário Schweig, pela médica cubana Cleydis Alfonso e pela equipe do Centro de Saúde Lídia Boll. A enfermeira Gladis Silva deu as boas-vindas e apresentou a equipe de servidores da Secretaria de Saúde.
As médicas Liudys e Lorelys vieram da província de Artemisa na Cuba e devem permanecer no município de Nova Santa Rosa por três anos, tempo de duração do contrato estabelecido pelo Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde.
Nova Santa Rosa é um dos únicos municípios da região que está recebendo médicos cubanos novamente, isso se dá pelo empenho da Secretaria de Saúde no envio de documentos que viabilizassem a vinda das médicas ao município.
Os médicos Cleydis Alfonso e Alejandro Masso que vieram por meio do Programa Mais Médicos no ano de 2014, estão encerrando os trabalhos e devem retornar a Cuba nos próximos dias.

MAIS MÉDICOS
O “Mais Médicos” é um programa do Governo Federal, mantido pelo Ministério da Saúde e conta com o apoio dos estados e dos municípios, o objetivo do programa é melhorar o atendimento dos usuários do Sistema Único de Saúde o SUS.
O programa leva médicos para as regiões onde há escassez ou ausência dos profissionais. O Mais Médicos se somou a um conjunto de ações e iniciativas do governo para fortalecer a Atenção Básica do país. A Atenção Básica é a porta de entrada preferencial do SUS e está presente em todos os municípios e próximo de todas as comunidades. É neste atendimento que 80% dos problemas de saúde são resolvidos.

Com informação,
Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Santa Rosa